Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/10/21 às 10h03 - Atualizado em 27/10/21 às 10h03

Ouvidorias do GDF planejam ações para 2022

 

Os encontros foram realizados dos dias 18 a 20 de outubro, de forma presencial, em uma das salas de capacitação da Controladoria Geral do Distrito Federal (CGDF).  Nesses 3 dias, os(as) ouvidores(as) das Secretarias, Entidades e Regiões Administrativas foram distribuídos em 6 turmas, com no máximo 20 participantes em cada grupo, com o objetivo de conhecer melhor as necessidades de cada ouvidoria do GDF, bem como para definir as estratégias a serem adotadas em 2022.

 

Com a chegada do término do ano, somos levados a pensar e analisar o que fizemos de bom e o que precisamos mudar para o ano seguinte. Dessa forma, a Ouvidoria-Geral do Distrito Federal (OGDF) convocou todas as ouvidorias do Sistema de Gestão de Ouvidoria do Distrito Federal (SIGO-DF) para participarem da elaboração do planejamento das ações para o ano de 2022.

 

A semana do planejamento foi marcada por inovações na forma de apresentação e construção do Plano de Ação e metas para o ano de 2022, propondo mudanças na forma de pensar e acolhendo as ideias e reflexões do grupo.

 

A Ouvidora-Geral, Cecília Souza da Fonseca, participou de todos os encontros levando palavras de incentivo e motivação:  “Atuamos em rede e não queremos que se sintam sozinhos, por isso elaboramos essa semana do planejamento, para que juntos possamos pensar nos melhores encaminhamentos. Vamos pensar na Ouvidoria que queremos ser, na Ouvidoria que a sociedade precisa, que o cidadão deseja.”

 

A dinâmica das reuniões foi desenvolvida pela equipe da Coordenação de Planejamento (COPLA) da OGDF e teve como roteiro os seguintes tópicos:

  1. Ouvidoria e Sociedade: apresentação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e agenda 2030 e nosso papel no relacionamento com a sociedade;
  2. Conhecendo o OKR: metodologia de planejamento e alcance de resultados em curto prazo;
  3. Discussão direcionada: missão, visão e valores;
  4. Diagnostico da Rede: verdades e inconvenientes, nossas batalhas, forças, fragilidades, oportunidades e fraquezas;
  5. Objetivos e resultados-chave (customização por grupos): os passos necessários para chegarmos onde programamos.

Como a intenção era construir um plano de ação em conjunto e de forma rápida, foi elaborado um formulário, por meio do google forms. Um notebook foi disponibilizado para cada participante, para acesso e preenchimento do documento, conforme a Coordenadora de Planejamento, Maria Fernanda Oliveira, avançava na apresentação dos slides e discussões.

 

“Precisamos disseminar a percepção de que a Ouvidoria, por ser transversal, é fundamental para a melhoria das relações entre o Governo e os cidadãos. É também fundamental para a melhoria dos serviços públicos e, indiretamente, para a melhoria das políticas públicas. Por exemplo: Um conjunto de manifestações sobre retiradas de carcaças em uma determinada localidade contribui diretamente para a qualificação dos espaços urbanos, mas produz também efeitos positivos em outros setores, como segurança, saúde e até na economia local. É sobre essa conexão entre cidadãos e o Governo, trabalhada com inteligência, que provoca mudanças nos pensamentos e nas ações, tanto de governos como de sociedade. A Ouvidoria é a conexão”, apontou Maria Fernanda.

 

O formulário foi dividido em 7 sessões, totalizando 38 perguntas:

  • Identificação;
  • ODS e Agenda 2030;
  • Descobrindo nossa missão;
  • Diagnóstico da Rede;
  • Objetivos-Chave SIGO;
  • Ações transversais e temáticas; e
  • Seu compromisso conosco (seus resultados-chaves).

A dedicação de toda a equipe da OGDF em preparar e se atentar aos mínimos detalhes, desde a elaboração da metodologia, divulgação e apresentação do conteúdo, até a preocupação em fazer um evento presencial respeitando as normas impostas pela pandemia da Covid-19, culminou em um excelente resultado, recebendo diversos feedbacks positivos dos participantes.

 

A compilação dos dados está sendo realizada e em breve teremos a divulgação do Plano de Ação da Rede SIGO-DF para 2022. Esperamos com isso direcionar nossas ações para alcançar as metas propostas e melhorar o serviço de ouvidoria do Distrito Federal.

 

Leia aqui a Resolução 75/186 da Organização das Nações Unidas (ONU), de 16 de dezembro de 2020, que embasou a construção do planejamento.

 

 

Redação e arte: Lúcia Brasileiro de Figuerêdo Coimbra

Ouvidoria-Geral do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Anexo do Palácio do Buriti, 12º andar, sala 1203. - CEP: 70075-900 Telefone: 162