Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/02/21 às 13h24 - Atualizado em 27/02/21 às 13h32

Cidadão participou mais do Governo em 2020

 

População contribuiu para a fiscalização relacionada ao coronavírus por meio de ouvidorias; canais de Transparência bateram recorde de visualizações

 

 

Em 2020, os brasilienses fizeram sua parte na fiscalização de questões relacionadas ao coronavírus, sendo o assunto mais registrado no ano passado, atingindo 7% do total de todas as demandas registradas no ano. Além disso, a população utilizou ainda mais os serviços de Ouvidoria disponibilizados pelo Governo do Distrito Federal. Se comparado a 2019, o crescimento foi de quase 10%. O GDF recebeu, em 2020, 252 mil manifestações – reclamação, solicitação, elogio, informação, denúncia, sugestão – contra 230 mil em 2019.

 

O Sistema OUV-DF teve ainda 82.114 novos cadastros de usuários, dentre pessoas físicas e jurídicas, em 2020, totalizando 346. 804 usuários com contas ativas no sistema. Do total de demandas recebidas em 2020, 96% foram respondidas e resolvidas dentro do prazo pelos órgãos do Distrito Federal. A grande maioria das interações foi relacionada a reclamação (65%), seguida de solicitação (23,5%), elogio (4,1%), informação (3,6%), denúncia (2,1%) e sugestão (1,6%).

 

O cidadão pode acessar a Ouvidoria do Distrito Federal de diversas maneiras. As mais utilizadas, de acordo com as estatísticas do Painel Ouvidoria, são o site ouv.df.gov.br e o telefone 162. É possível também abrir uma demanda de forma presencial – há 100 ouvidorias espalhadas pelos órgãos do GDF – ou ainda por meio de protocolo, mídia ou ouvidoria itinerante, quando elas são realizadas pelas entidades do GDF.

 

As interações devem ser respondidas pelos órgãos responsáveis em um prazo de 20 dias e o cidadão pode ainda avaliar a resolutividade da demanda, ou seja, se a resposta encaminhada propôs uma solução viável para a questão relatada.

 

O controlador-geral do Distrito Federal, Paulo Martins, lembra que a Ouvidoria é um dos canais pelos quais os brasilienses podem participar ativamente do governo, contribuindo para a melhoria da cidade: “A população participa da administração pública por meio do que chamamos de controle social, que é a fiscalização e o acompanhamento dos atos do governo a fim de solucionar os problemas e assegurar a manutenção dos serviços disponibilizados para o cidadão”.

 

Confira todos os dados no Painel Ouvidoria.

 

 

Instrumentos de transparência

 

A população do Distrito Federal também está fiscalizando o governo por meio dos instrumentos de transparência do GDF – Portal da Transparência, Siga Brasília, Dados Abertos e Portal Covid-19. Em 2020, o Portal da Transparência do Distrito Federal bateu recorde de visualizações, chegando a 5,8 milhões de acessos à página. O aumento foi de 80% em relação ao número de visualizações em 2019, quando a página atingiu 3,2 milhões de acessos. O portal traz informações sobre orçamento público, contratos, licitações e servidores públicos.

 

No geral, os instrumentos de transparência tiveram, juntos, um aumento de 30% no número de usuários em relação ao mesmo período de 2019, atingindo a marca de 637.473 internautas alcançados. Além disso, foram quase 10% a mais de visualizações, chegando a 6,6 milhões de acessos aos portais.

 

Portal Covid-19, coordenado pela Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF) para abarcar todos os dados relacionados ao coronavírus no Distrito Federal, teve mais de 500 mil visualizações e já conta com 134.579 usuários, o que alavancou o número de internautas acessando os instrumentos de transparência do DF. “Todos esses instrumentos de transparência disponibilizados pelo governo para os cidadãos do DF garantem a transparência do governo, trazendo dados importantes de forma clara e de fácil acesso para as pessoas, que podem, de posse dessas informações, cobrar, fiscalizar, denunciar. Isso contribui para a melhoria dos serviços prestados aos cidadãos, que participam ativamente do governo”, ressalta o controlador-geral do DF, Paulo Martins.

 

 

Fonte: Ascom/CGDF

Ouvidoria-Geral do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Anexo do Palácio do Buriti, 12º andar, sala 1203. - CEP: 70075-900 Telefone: 162